Para cada "tá errado!" uma proposta