© 2016 por O Franco Atirador

    Gostou da leitura? Doe agora e me ajude a proporcionar notícias e análises aos meus leitores  

12.02.2019

                O que mais me incomoda nas reformas propostas para a Previdência Social é a perpetuação das injustiças e discrepâncias sociais. O primeiro argumento é sempre que direitos “adquiridos” não podem ser alvo de revisão. Se direitos adquiridos não fossem revistos, muitas mudanças históricas positivas não teriam acontecido. Se o direito adquirido (de nascença) do rei francês Luis XV (ou qualquer sucessor) de ser o governante d...

05.09.2018

     Bráulio era um marido honesto e muito trabalhador. Sua esposa não tinha estudado muito e era órfão dos dois pais. Mas apaixonados, decidiram ter o primeiro filho. Resolveram-na batizar de Saúde, pois a Saúde deve vir em Primeiro lugar, ouviam dizer. E a vida foi seguindo, não demorou e tiveram uma segunda filha. Chamaram-na de Educação, pois sem Educação não se vai longe, era dito popular. Gostavam muito das duas filhas mas estava...

18.04.2016

    Alguns vão sofrer com o que digo, sobretudo os mais românticos, mas ninguém realiza um sonho sem competência financeira, a não ser por um golpe de sorte. E o Brasil afunda em seu buraco esplêndido porque seus gestores não têm competência financeira. E seus gestores não têm competência financeira porque a maioria de nós não tem. E a maioria de nós não tem porque a maioria de nós e de nossos pais não quis que nós tivéssemos....

09.03.2016

A antítese: Por que o Estado que deveria ser o garantidor dos direitos das minorias oprimidas é o garantidor dos direitos da minoria opressora [texto de Bruno Bodart na imagem]

 

                Pergunte ao espectador do circo como se faz malabares. Pergunte qual deles é o melhor, como é o melhor. Qual seria sua resposta? Eu responderia: o melhor malabarista é aquele que maneja o maior número de elementos nas piores condições de equilíbrio possíveis.

                As bolas trocam de mãos, por certo. Mas isso apenas não faz um malabarista. Um...

Please reload